Acompanhantes | Contos Eróticos | Abusado
Acompanhantes | ASSINE JÁ | Fale Conosco | Foto do Dia | Galeria de Fotos | Novidades | Página Inicial | Vídeos
Categorias: Total de 7.954 contos
BizarroFetichesGaysGrupalHéteroLésbicasSadoMasoquismoBusca

Muita vontade e pouca oportunidade Por: Anjobisex.
Avaliação geral:
Minha avaliação:Assine
Visitas:102.922

Sou casado, tenho 40 anos,sou do tipo "forte", moro na Baixada Santista-SP e minha esposa e fantástica na cama. Faz de tudo, ou melhor quase tudo. Só uma coisa ela não tem coragem.....Me dar o seu cuzinho. É a minha tara. Ela alega que sou muito grosso e que iria doer muito. Já tentei usar lubrificantes e pomadas anestesicas, mas nem assim ela aceita.Certa vez ela falou que " se voce no seu cuzinho será vc aguentaria?" E isso ficou na minha cabeça, martelando... e uma vontade enorme de experimentar dar o o cuzinho começou a tomar conta de mim.Tentei, e consegui, enfiar certo dia no banho, tres dos meus dedos no meu cuzinho, foi delicioso. Outro dia enfiei o cabo da escova (não era muito grosso) mas também foi gostoso. Pensei até pagar um "traveco" mas não tive coragem.Por vezes entrei no site de contos, lendo praticamente todos os contos homossexuais, e isto me excitava cada vez mais. Me imaginava chupando um cacete e também sendo chupado....sentindo o meu cacete crescer na boca de um outro macho, enquanto sentiria também o volume dele crescendo em minha boca. Um 69 louco. Bater punheta deliciosa. Acariciar e sendo acariciado por um outro homem. Se esfregar, fazer uma brincadeira gostosa de debaixo de um chuveiro. E por fim realizar minha fantasia e comer, enfim, um cuzinho. Quem sabe assim, teria então a coragem de sentir uma rola no meu cú.Mas o que fazer? Por vezes coloquei anuncios em sites gays, e nada. Mandei mensagens para outros autores de contos, e nada. Pensei em até "cantar" algum homem, mas como? Não tenho pinta nenhuma de viado, como faria para me aproximar? Por vezes, pensei em ir a uma sauna. Não sei como realizar essa minha fantasia de me relacionar com um homem que possa ser passivo e ativo e não comprometer minha imagem de macho hetero.Me masturbo pensando em estar chupando um cacete, não importando o tamanho ou a grosssura, mas um cacete.Bater um punheta deliciosa, sentindo o pau dele crescendo na minha mão. Acariciá-lo até gozar.Já que não posso me realizar neste sentido com minha esposa, não tenho outra saída a não ser desabafar e quem sabe conhecer alguém que esteja na minha situação ou que queira fazer a "caridade" de realizá-la para mim. Tenho algumas tardes livres quem sabe dá certo. Me ajudem, me deêm dicas de como cantar um macho para dar umas boas chupadas.Se voce for da baixada santista, me escreva. Se não for me digam como "cantar" um outro macho.anjobisex@yahoo.com.br.Um forte abraçoSou casado, tenho 40 anos,sou do tipo "forte", moro na Baixada Santista-SP e minha esposa e fantástica na cama. Faz de tudo, ou melhor quase tudo. Só uma coisa ela não tem coragem.....Me dar o seu cuz...



Quer ler todo esse conto? Assine já!


Voltar
©Copyright 2000-2019 - Todos os diretos reservados
http://www.abusado.com.br
A revista mais ABUSADA da internet.

ATENÇÃO: A Revista Abusado não se responsabiliza pela veracidade e pelo conteúdo dos contos uma vez que todos foram enviados por seus visitantes.

Caso o conteúdo seja impróprio ou ofensivo, clique aqui e denuncie.