Acompanhantes | Contos Eróticos | Abusado
Acompanhantes | ASSINE JÁ | Fale Conosco | Foto do Dia | Galeria de Fotos | Novidades | Página Inicial | Vídeos
Categorias: Total de 7.641 contos
BizarroFetichesGaysGrupalHéteroLésbicasSadoMasoquismoBusca

Eu, minha noivinha e o resto Por: Hornclub.
Avaliação geral:
Minha avaliação:Assine
Visitas:2.429

Pois é, tudo começou a menos de 5 anos, sempre gostei de mulheres mais safadas, sonhava em namorar com uma puta ou uma atriz de filmes pornô, mas como a sociedade não deixava, fiz o normal, me apaixonei por uma mulher maravilhosa, ela se apaixonou por mim e começamos a namorar. Sempre a presenteava com roupas curtas ou transparentes, pois adorava ela vestida daquele jeito. Depois de um tempo juntos, começamos a ter fantasias, como todo casal, mas as minhas começaram a me confundir um pouco, pois imaginava ela se mostrando para outros homens, e aquilo me deixava louco de tesão, mas eu não tinha coragem de revelar isso pra ela, pois não era uma posição digna de um homem. Com o passar do tempo fomos realizando nossas fantasias de exibicionismo e eu já começava a pensar em ver ela transando com outros homens, mas jamais contaria isso a ela. Como a vida está sempre nos pregando peças, certa noite estava eu com minha namorada e no auge do tesão me peguei contando tudo a ela, que para minha surpresa aceitou bem e entrou na fantasia também. Fiquei muito excitado após aquela situação, pois ela me disse que seria muito fácil para ela, bastava eu conseguir o cara ... !!! Peraí, eu conseguir o cara? ... pois é, essa parte eu não gostei, como eu chamaria alguém pra comer a minha namorada? Fui para a internet a procura de alguém, e de tanto que demorou, quando conseguimos realizar essa fantasia já estávamos noivos. Foi legal, ela fez de tudo com o cara no apartamento dele, comigo lá presente. A experiência foi boa, mas eu não queria ter que tomar a iniciativa de conseguir alguém, queria que ela buscasse seus homens, como uma boa corneadora faz. Me deixou muito surpreso também o fato de ela, no final de semana seguinte, me perguntar quanto media meu pau, eu fiquei meio sem graça e falei 15x5cm, ela então pediu para medir, e daí veio a bomba, meu pau mede ereto 12x4,5cm, ela riu e disse que sabia que meu pau era pequeno, pois o cara com quem ela transou, tinha um de 16cm e segundo ela era bem maior que o meu. Na hora fiquei meio constrangido, mas depois comecei a sentir tesão com ela falando que queria experimentar paus maiores, e não sei como, mas isso se tornou parte de nossas fantasias, o fato de eu ter um pau pequeno. Adorei o fato de penetra-la após ela ter dado para outro, estava tudo alargado e quente, e por causa dessa sensação, que foi o que mais me deu tesão, é que eu gostei do fato de ter um pau menor, pois ela estará sempre arrombadinha para mim.Como não gostei muito de ter corrido atrás do nosso primeiro manage, passei a armar meios de faze-la sentir vontade, daí veio a idéia de leva-la num forró, pois ela adorava e não ia há muito tempo, pois eu não deixava. Antes de irmos disse pra ela que ficaríamos separados e ela poderia fazer o que quisesse, ela concordou, colocou uma mini saia, uma blusinha branca e fomos. Lá começou a acontecer o que eu tanto queria, ela dançou com muitos homens, todos se aproveitando dela que virou a atração do lugar, e eu só no cantinho de pau duro, ainda mais quando um conseguiu beija-la. Após um tempo ela veio até a mim e pediu para ir embora, eu, para não pressiona-la, aceitei e fomos direto para um motel. Transamos com muita selvageria, ela dizendo que agora eu acertei, que agora ela realmente estava disposta a fazer de tudo com todos, me contou sobre como os paus dos homens com quem dançou estavam duros, que pegou telefones e etc., e eu finalmente quebrei todos os meus tabus e disse pra ela que o que mais queria era ser corno ... a resposta dela? ... – Vai ser fácil e prazeroso conhecer homens interessantes no forró e dar pra eles, já que você sente tanto tesão em ser corno manso! Acessem o blog dos cornos: hornclub.zip.net Pois é, tudo começou a menos de 5 anos, sempre gostei de mulheres mais safadas, sonhava em namorar com uma puta ou uma atriz de filmes pornô, mas como a sociedade não deixava, fiz o normal, me apaixo...



Quer ler todo esse conto? Assine já!


Voltar
©Copyright 2000-2018 - Todos os diretos reservados
http://www.abusado.com.br
A revista mais ABUSADA da internet.

ATENÇÃO: A Revista Abusado não se responsabiliza pela veracidade e pelo conteúdo dos contos uma vez que todos foram enviados por seus visitantes.

Caso o conteúdo seja impróprio ou ofensivo, clique aqui e denuncie.